Express

Já se Perguntou Como Está a Sua Imunidade?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Vou te explicar!

“Você deve estar com a imunidade baixa!” Quem nunca escutou essa frase? Vinda de um amigo, da mãe ou até mesmo de um médico. E não é por menos: a imunidade é a principal arma para defender o nosso corpo contra micro-organismos e merece toda a atenção.

De forma simples, imunidade é a capacidade do seu corpo de resistir a toxinas, infeções e outras substâncias nocivas ou microrganismos com o uso de glóbulos brancos sensibilizados ou anticorpos específicos. Pense nele como um sistema de proteção – é como o seu corpo se defende. Se não fosse pelo sistema imunológico, várias bactérias, vírus e até mesmo fungos poderiam atacar ou infectar seu corpo tranquilamente.

Diferentes tipos de imunidades:

Existem 4 tipos de imunidade – 3 naturais e uma adicional:

  • Imunidade inata – aquela com que nascemos. Este é nosso sistema imunológico inato. Ele varia em força; algumas pessoas nascem com um sistema imunológico saudável, enquanto alguns nascem com um sistema mais comprometido.
  • Imunidade adaptativa – também chamada de “imunidade adquirida”. O sistema imunológico adaptativo nos protege baseado em “experiência” passada. É por isso que, após ser infectado com algo e melhorar, não ficamos suscetíveis a mesma infecção, pelo menos por algum tempo.
  • Imunidade passiva – Imunidade temporária, também chamada de “imunidade emprestada”. Essa é uma imunidade que obtemos de outra pessoa, por exemplo quando uma criança pegando emprestado imunidade temporária da mãe através da amamentação.
  • Imunizações – nós podemos nos tornar imunes a algo – tipicamente através da aplicação de uma vacina.

E você sabia?
Quando a sua imunidade está baixa, o seu corpo apresenta diferentes sinais de alerta.
Será que você está com algum deles?
O nosso sistema imunológico pode ser facilmente desequilibrado por vários motivos, como a má alimentação, o estresse e o sedentarismo.

Aqui, você irá descobrir quais são as principais causas da baixa imunidade, os sinais no seu corpo e várias dicas para seu dia a dia.

Ficou interessado? Então, continue a leitura!

O Que é Imunidade Baixa ou Alta?

Alguns fatores externos e internos influenciam diretamente na capacidade de nosso sistema imune responder aos micro-organismos. Consequentemente, ficamos mais susceptíveis a infecções, que, além de mais frequentes, tornam-se mais graves. Por exemplo, a maioria das pessoas geralmente tem um a dois resfriados todos os anos que tendem a se curar entre três e cinco dias. No entanto, quando a imunidade está baixa, um simples resfriado pode tornar o corpo mais propício a outras doenças, como a sinusite.

E quais são os sinais de uma imunidade baixa? Vem comigo!

Você se Sente Estressado Com Frequência?

O estresse é uma reação normal e essencial do nosso organismo para se adaptar a situações de ameaças. No entanto, atualmente, os mecanismos de estresse têm sido ativados em situações rotineiras, como o trabalho, a faculdade e, até mesmo, em casa. Essa ativação constante gera um aumento do nível de cortisol, que é o principal hormônio imunossupressor do nosso corpo, ou seja, ele diminui a eficácia do nosso sistema imunológico. Portanto, se você fica muito estressado, sua imunidade vai ficar comprometida.

Você tem se sentido muito cansado?

Sabe aquela sensação de falta de energia para praticamente todas as atividades do seu dia a dia? Ela pode ser causada por um distúrbio na imunidade. E como isso acontece? A imunidade baixa faz os glóbulos brancos produzirem mais citocinas inflamatórias. Com isso, o sistema imunológico desvia o foco de combate ao micro-organismos para ajudar o próprio corpo. Acontece que as próprias citocinas inflamatórias também são responsáveis por aquelas sensações de dor muscular, fadiga e cansaço que ocorrem quando estamos doentes. Caso elas fiquem ativadas em situações normais, esses sintomas surgirão mesmo sem a presença de uma doença.

Você está sempre com resfriado?

Ter um, dois ou três episódios de resfriado ao ano é algo completamente normal. Caso eles se tornem mais frequentes e prolongados, isso é um sinal de alerta para uma queda na imunidade.

Você está notando dificuldades de cicatrização de machucados?

O sistema imunológico está diretamente envolvido no processo de reparo da nossa pele. Quando nosso corpo está funcionando adequadamente, ele libera substâncias que estimulam a produção de colágeno, além de combater as bactérias que estejam tentando invadir o nosso corpo. Com a imunidade baixa, esse processo perde sua eficiência e as feridas podem demorar um pouco mais de tempo para cicatrizar.

Como posso ajudar a melhorar meu sistema imunológico?

Um estilo de vida saudável é o melhor estímulo para seu sistema imune. Separamos algumas dicas sobre como manter seu sistema imunológico saudável e forte nas atividades do nosso dia a dia.

  • Manter uma dieta balanceada, inclusive muitas frutas e verduras frescas. Uma dieta saudável fornecerá as vitaminas e minerais essenciais que seu sistema imunológico precisa para funcionar corretamente. Abacaxi, kiwi, limão e acerola são ricos em vitamina C. Já vegetais verdes escuros são uma ótima fonte de vitamina E. O Ômega 3 é encontrado em peixes como atum, sardinha e salmão. Castanhas e cereais integrais são uma boa pedida para aumentar o consumo de zinco no organismo. Todas essas vitaminas são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico.
  • Pratique exercícios regularmente. Isso ajudará a reduzir o estresse, que negativamente afeta a imunidade, e melhorar a circulação sanguínea, permitindo que glóbulos brancos atinjam mais rápido as células afetadas pela infecção.
  • Tenha um sono de qualidade. Descanso permite que seu corpo regenere e ajuda o sistema imunológico a trabalhar adequadamente.
  • Lave bem e regularmente as mãos, e evite compartilhar itens pessoais se estiverem compartilhando um espaço com outra pessoa, e você ou ela estiverem com alguma infecção.
  • Evite fumar. Fumar cigarro é prejudicial para seu sistema imunológico e pode deixá-lo menos eficiente no combate a doenças.
  • Limite o consumo de álcool. Álcool pode danificar sua resposta imunológica.

Agora que você já sabe quais são os principais sintomas da imunidade baixa, fique de olho. O mais importante é tentar identificar a causa, que pode estar na sua alimentação, no estresse, no sedentarismo ou até em quadros psicológicos.

Fica a dica!

Procure seu médico ou nutricionista, com exames laboratoriais ficará mais fácil de diagnosticar.

Continue lendo

Conheça mais sobre a culinária do Rio Grande do Sul

O dia 20 de setembro, conhecido como o Dia do gaúcho. A data recorda o início a Revolução Farroupilha, ou Guerra…

O Tempero da Comida Sempre nos Remete ao Sabor da Lembrança

O tempero é o amor no preparo de um prato, muda completamente o sabor e garante diversidade na cozinha. A…

Tarefas domésticas, como organizar a cozinha e produtos alimentícios em sua casa?

Segurança alimentar vai muito além das refeições dos restaurantes, está diariamente em nossas casas, por isso, fique ligado nas dicas…